Brasão Municipal

SÍMBOLOS DO MUNICÍPIO


De acordo com a Lei nº767, de 29 de novembro de 1971, que dispõe sobre a forma e apresentação dos símbolos do Município de Jales e dá outras providências, os símbolos do Município de Jales são os seguintes (clique numa das opções):     

 

O BRASÃO MUNICIPAL


 

            O Brasão do Município de Jales é de autoria do Prof. Arcinoé Antonio Peixoto de Faria, da Enciclopédia Heráldica Municipalista e foi descrito em termos heráldicos1, com a seguinte interpretação simbólica:

 

  1. -  o escudo samnítico2 – é usado para representar o brasão de armas de Jales, foi o primeiro estilo de escudo introduzido em Portugal, por influência francesa, herdado pela heráldica brasileira como evocativo da raça colonizadora e principal formadora da nossa nacionalidade.
     
  2. - a coroa mural – é símbolo universal de brasões de domínio que, sendo de argente3 de oito torres, das quais apenas cinco são visíveis na perspectiva no desenho, classifica a cidade apresentada na segunda grandeza, ou seja, a sede de Comarca.
     
  3. - a cor blau4 do campo do escudo – simboliza, em heráldica, a justiça, nobreza, perseverança, zelo e lealdade.
     
  4. - a águia bicéfala5 – está localizada em abismo6. Essa posição simboliza poder, vitória, prosperidade e domínio. Simboliza também benignidade, generosidade e liberalidade. A ave, apesar de feroz, faz partícipes de sua presa as aves menores e também não procura vingar-se de animais inferiores. A águia foi usada pelos persas, egípcios e romanos nos seus estandartes desfraldados que pressagiavam a vitória. No império de Carlos V, usou-se a águia de duas cabeças simbolizando o gênio e altos desígnios. No brasão de Jales, representa a cidade líder da região, para onde convergem os interesses de todas as cidades da alta araraquarense.
     
  5. - metal argente – no qual a água é representada, simboliza a paz, trabalho, amizade, prosperidade, pureza e religiosidade.
     
  6. - o sol heráldico de góles7 – na parte superior do escudo de argente, tem duplo significado: heraldicamente é símbolo de poder, liderança, magnificência, fertilidade e simbolicamente é uma homenagem à operosa colônia japonesa que teve participação decisiva no desenvolvimento da cidade e de toda região. A cor góles simboliza o amor-pátrio, dedicação, audácia, intrepidez, coragem, valentia.
     
  7. - a economia municipal – é firmada principalmente na agricultura, embora existam outros fatores econômicos de importância. Por essa razão, a águia heráldica traz nas garras os instrumentos agrícolas – enxada e garfo.
     
  8. - os ornamentos exteriores – o café e o algodão identificam no brasão os principais produtos oriundos da terra dadivosa e fértil.
     
  9. - no listel de góles – em letras argentinas e prateadas inscreve-se o topônimo8 identificador “Jales” ladeado pelos milésimos “1941” – ano de sua fundação e 1948 – ano de sua emancipação política.

     

GLOSSÁRIO
 

  1. - Heráldico: relativo a brasões; a arte ou ciência dos brasões.
     
  2. - Samnítico: relativo aos samnitas, povo montanhês da Itália antiga.   Entre os antigos romanos, designação comum a gladiadores que usavam um capacete com pluma e um grande escudo.
     
  3. - Argente: da cor prata.
     
  4. - Blau: que tem a cor azul dos brasões.
     
  5. - Bicéfalo: que tem duas cabeças.
     
  6. - Abismo: centro ou coração do escudo.
     
  7. - Góles: esmalte vermelho.
     
  8. - Topônimo: nome próprio de lugar.